Visualização do sucesso

Durante muitooooo tempo minha psicóloga esportiva Liliane fez esse trabalho de visualização comigo.

Eu lembro como se fosse hoje, campeonato brasileiro de 2016, eu era faixa roxa e estava me preparando para a final. Na minha cabeça só vinha a imagem do segundo lugar e da medalha de prata. Isso era meu subconsciente me confortando em caso de fracasso. É isso que seu cérebro faz com você todos os dias, em diversas áreas da sua vida.

O cérebro humano esta diretamente ligado ao instinto de proteção. Sob qualquer circunstancia de estresse, de perigo, fracasso, ele recorre a situações que possam te causar conforto.

Um exemplo disso é a quantidade de gente que está em um relacionamento ruim e “não consegue sair”. Nós somos refém do que pensamos, mas tem um jeito de mudar isso.

Pensamento

Comportamento

Sentimento

Não importa qual deles vai liderar, mas sempre vai começar com um desses 3 itens.

A visualização do sucesso não esta relacionada a controlar o que você pensa, porque o fluxo de pensamento é muito intenso e não é algo que podemos controlar. Mas você pode entender o que sente e mudar como se comporta. E isso esta diretamente relacionado ao esporte.

Eu estou me preparando para uma final, uma bomba de pensamentos surge: “minha adversária é muito dura, ela foi campeã mundial, ela faz isso, ela é aquilo” na sequência vem o sentimento – medo do fracasso, de perder, de passar vergonha na frente do professor; e ai o comportamento – entrar para uma luta já derrotada.

TODO MUNDO PASSA POR ISSO. TODOS FICAM NERVOSOS. Vai de você tirar um proveito positivo disso, ou deixar isso te engolir e atrapalhar sua performance. E eu estou falando em um contexto geral, uma prova de concurso público, uma apresentação no trabalho, em um termino de relacionamento, etc etc etc..

Minha dica para você um dia antes da sua competição, da sua prova, da sua apresentação é visualizar tudo. Primeiro você chegando, como é o espaço, como você planeja sua primeira luta, veja-se no pódio no primeiro lugar. Visualize a perfeição dos movimentos. E depois que estiver concluído essa parte positiva eu quero que você tente visualizar o erro e o acerto. O que pode dar de errado? E como você vai arrumar isso?

“se a vida te der limões, faça uma limonada”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *